Retrospectiva: Sefin fecha ano de 2020 com finanças equilibradas

(8 de janeiro de 2021)

Todos os prazos, quadrimestrais e mensais, para prestação ao Tribunal de Contas dos Municípios do Estado (TCM) foram cumpridos rigorosamente durante o ano.

O coração da gestão é uma boa organização das receitas e despesas. Tudo que a Prefeitura de Marabá arrecada e gasta passa pela Secretaria de Finanças (Sefin). Assim como você organiza seus ganhos e gastos, uma cidade precisa organizar seu orçamento, com equilíbrio, responsabilidade e uma boa administração.

Essa é a função da Sefin, responsável por quitar as contas da administração pública, arquivar informações, prestar contas à sociedade e aos órgãos de controle e auxiliar na análise e planejamento do que será investido no município.

“A grande conquista para nós em 2020 é que apesar de todo o contexto conseguimos manter as finanças equilibradas. Deixar o fornecedor pago, o servidor pago, a máquina andando. Mesmo com a pandemia, nenhum serviço essencial foi paralisado por questões financeiras e ninguém deixou de ser pago”, comemora Inácia Meires Silva Rolin, secretária de Finanças de Marabá.

O Portal da Transparência da PMM tem sido alimentado constantemente, conforme consta na lei, com todas as informações sobre as despesas e investimentos que foram feitos. Nele é possível acompanhar  onde está sendo aplicado o dinheiro dos seus impostos. “Esse controle e cuidado que se teve desde o início da gestão nos permitiu chegar ao fim sem surpresas. Só é autorizado quando tem saldo em caixa, se não tem saldo, não fazemos”.

Todos os prazos, quadrimestrais e mensais, para prestação ao Tribunal de Contas dos Municípios do Estado (TCM) foram cumpridos rigorosamente durante o ano. Com controle minucioso dos créditos e de sua finalidade. “O que é recurso federal, o que é próprio. Há um cuidado grande para que se aplique tudo em seu devido lugar”, complementa Meires.

Ela também comenta que a atual gestão trabalhou muito para organizar as contas do município e que a meta para o novo ano é superar a si mesmo. “É o que eu acredito muito. Esse controle rigoroso impacta e vai impactar ainda mais a cidade. Agora que as contas já estão equilibradas, evoluiremos em todos os sentidos”, conclui.

Texto: Osvaldo Henriques