Saúde: CCZ realiza mais 600 castrações no último semestre de 2019

O Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), de julho a dezembro de 2019, realizou 600 cirurgias de esterilização em cães e gatos, com objetivo de controlar a população, evitar doenças, em particular as transmissíveis a humanos (leishmaniose e a raiva), assim como diminuir o abandono desses animais, perambulando pela cidade, tornando-se mais suscetíveis às doenças e acidentes.

Segundo o veterinário Nagilvan Amoury, gerente do CCZ, o controle reprodutivo desses animais é amparado na Lei nº 13.426, de 30 de março de 2017, que dispõe sobre a política de natalidade de cães e gatos na área urbana de Marabá, por meio da esterilização de machos e fêmeas. No final de 2018 foi possível equipar o CCZ para essa tarefa, que é disponibilizada à população. Em todo o ano de 2019 foram realizadas 913 cirurgias; e, agora em 2020, mais 209 procedimentos efetivados.

As cirurgias de castração são realizadas às quintas, sextas-feiras e aos domingos, totalizando 22 procedimentos semanais, sendo cinco na quinta-feira, seis na sexta e 11 ao domingo. A programação do CCZ tem como foco prioritário o tratamento dos animais pertencentes ou localizados nas comunidades de baixa renda, conforme prevê o artigo 2º da legislação federal.

Os interessados devem agendar a cirurgia de seu pet no CCZ, obedecendo às datas definidas para cada mês: Para março, as 30 fichas para as fêmeas foram liberadas nesta segunda-feira (02). Dias 03 e 04, pela manhã, serão liberados os agendamentos para machos, sem necessidade de senha, considerando que esse procedimento é mais simples e rápido.

O CCZ está localizado na Avenida 2000, S/N, Bairro Belo Horizonte, próximo ao Colégio Geraldo Veloso.

Texto: João Batista
Foto: Sérgio Silva 

Acessibilidade