Saúde: Em idosos, meta de vacinação contra a gripe é atingida

A segunda fase da Campanha Nacional de Vacinação contra a gripe Influenza A (H1N1), em Marabá, está conseguindo bons resultados com o público-alvo. Já foram imunizadas mais de 19 mil pessoas em todo município. Todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS) já foram reabastecidas com mais doses da vacina.

Foi alcançada a meta dos grupos dos idosos, profissionais de saúde e caminhoneiros.  “Há que se comemorar porque há três anos nós não conseguíamos alcançar a meta de vacinar os idosos e nesta campanha conseguimos já na segunda fase”, declarou Mônica Borchart, diretora de Atenção Básica da Secretaria Municipal de Saúde de Marabá.

De acordo com ela, as unidades de saúde já haviam recebido as doses da vacina, mas houve necessidade de novas reposições devido a grande procura. As unidades Jaime Pinto, Hiroshi Matsuda  e do bairro Amapá foram reabastecidas três vezes, e as UBS Laranjeiras, e Pedro Cavalcante, duas vezes. Ainda há estoque de mais 2 mil doses da vacina.

Hoje (24), o fonoaudiólogo Moacir Rafael Biapra, procurou uma UBS para se imunizar e não encontrou fila. Como profissional de saúde ele tratou logo de se proteger contra a ameaça da gripe. “É uma forma de trabalhar mais despreocupado e recomendo que as pessoas que são do público-alvo possam também se proteger”, disse.

Nesta segunda etapa, além de continuar vacinando os profissionais de saúde, idosos e caminhoneiros, podem se imunizar:  profissionais da força de segurança e salvamento (Militares, PMs, Bombeiros, Policia Civil); portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, com a devida prescrição médica.

A partir da próxima segunda-feira (27), uma equipe da secretaria de saúde começará a vacinação dos funcionários do sistema prisional; adolescentes e jovens de 12 a 21 anos que cumprem medidas socioeducativas e população privada de liberdade.

Texto: Victor Haôr 
Fotos: Paulo Sérgio 

Acessibilidade