Saúde: HMI mantém cuidados especiais na pandemia

HMI também executa estratégias humanizadas em grávidas com suspeitas do novo coronavírus

“O Hospital Materno Infantil [HMI] tem sigla municipal, mas possui responsabilidade estadual. Isso é gratificante, agradeço a administração da prefeitura e de cada um profissional que está aqui, que trataram minha filha bem e minha esposa também. Só tenho a agradecer e que continue assim, porque estão de parabéns”. Essas são as palavras do administrador Marcos Lacerda de 34 anos, que viu sua primeira filha, Maria, vir ao mundo no último dia 15, em um leito do HMI. Em plena pandemia do novo coronavírus, o hospital executa estratégias humanizadas para receber as mamães com suspeita da doença.

Marcos Lacerda

A diretora de enfermagem, Vanice Maria da Costa Silva, explica que os atendimentos e partos no HMI continuam. Mesmo em pandemia, o hospital não parou nem diminuiu o número de partos cesáreas e normais, são em torno de 25 ao dia.

“Mediante a situação foram planejadas novas estratégias para receber as pacientes com suspeitas ou confirmadas da COVID-19 [visto que grávidas e puérperas, agora estão no grupo de risco]. Foi montado um centro cirúrgico exclusivo para realizar os procedimentos nessas pacientes juntamente com o isolamento para a internação, a equipe multidisciplinar foi capacitada para o manejo com essa doença”, detalhou a enfermeira Vanice Maria.

Na classificação de risco que é realizada por um enfermeiro (a) a paciente é identificada e encaminhada ao isolamento para atendimento médico, e por fim seguir o protocolo conforme a necessidade dela. A diretora de enfermagem esclarece que os acompanhantes ainda estão suspensos por medidas de segurança.

“A equipe do HMI está trabalhando de uma forma humanizada para acolher as pacientes da melhor maneira possível, registando os momentos do nascimento e repassando para as mamães, quando as pacientes estão por um certo período de tempo, elas surpreendem os seus acompanhantes ou familiares com uma ligação de vídeo, realizada pela a equipe do centro obstétrico”, mencionou a enfermeira Vanice Maria.

SURPRESA

A equipe do HMI foi surpreendida na última quinta-feira (16), um dia após o nascimento da pequena Maria Oliveira Lacerda, com recebimento de flores. O gesto partiu dos pais Marcos Lacerda e da professora Leuziane Oliveira Lacerda em gratidão ao nascimento e cuidados feitos pela equipe com a mamãe Leuziane e a recém-nascida Maria.

“Foi muito bom, pessoal foi bastante atencioso e preocupado com a gente, se atentaram para a questão do uso da máscara e todas as medidas de higiene possíveis. Quero parabenizar a equipe que me atendeu de forma muito prestativa e atenciosa. Encaminhamos flores em agradecimento. Às vezes algumas pessoas reclamam do equipamento público, mas a gente conseguiu obter um bom acompanhamento”, expressou a mamãe Leuziane.

Texto: Emilly Coelho
Fotos: Paulo Sérgio e divulgação 

Acessibilidade