Saúde: Vacinação contra a gripe nas escolas encerra nesta quarta-feira (27)

A vacinação contra a Gripe (Influenza A H1N1) na zona urbana da cidade está acontecendo em sete escolas do município e conta com a parceria da Secretaria Municipal de Educação (Semed). A medida, que vai até o dia 27, foi tomada para evitar aglomeração nas Unidades Básicas de Saúde (UBS), nesse período de pandemia do novo coronavírus.

Durante esta semana, a expectativa da SMS é que a procura pela vacina aumente nas escolas, já que as doses, por enquanto, não estão disponíveis nas Unidades Básicas de Saúde (UBS). “Esperamos que esta semana seja melhor e que vacinemos mais crianças até a quarta-feira”, comenta a enfermeira Cinthia Mendes, do setor de imunização.

A coordenadora da equipe Extra Muro, Cynthia Pombo, explica que as escolas comportam melhor fluxo de pessoas. “São locais que possuem um espaço adequado para organizar o atendimento deles, um espaço maior para o atendimento de cada um mantendo o distanciamento social necessário nesse momento”, esclarece.

A medida vale apenas para zona urbana. As Unidades Básicas da zona rural permanecem oferecendo as vacinas durante esse período. Vale ressaltar que a 3° fase da campanha se estende até o dia 5 de junho. Portanto, quem não se vacinar nas escolas ainda poderá se deslocar aos postos de saúde para realizar as vacinas, mas somente a partir do dia 28 de maio.

Vale ressaltar que essa fase da campanha destina-se aos professores, crianças de 6 meses à menores de 6 anos, gestantes, puérperas (mães no pós-parto de até 45 dias) e pessoas com 55 à 59 anos. É necessário levar documento que comprove as condições exigidas para tomar vacina, como contracheque ou a Carteira de Trabalho para os professores, documento que comprove o parto recente para as puérperas e documento que comprove a idade adequada para os demais.

Repercussão 

Sabendo da importância da vacina contra a influenza A, a Ivonilde Vasconcelos não perdeu tempo e levou o filho José Calebe de 2 anos e 6 meses para vacinar, na Escola Cristo Rei, localizada no bairro Jardim união, onde está funcionando um posto de vacinação. “É muito importante essa campanha de vacinação, devido essa pandemia que tendo. Então a partir do momento que a criança é imunizada fica mais fácil para detectar caso venha a ter algum contato com outro vírus”, ressalta a mãe da criança que também estava acompanhada da tia do menino, Maria Delziane de Souza.

José Calebe e a tia Delziane

Josiane Maria Soares, 51 anos, também faz parte do público-alvo dessa fase da campanha. Ela é professora da Educação Especial e trabalha nas redes municipal e estadual de ensino. A docente sabe que precisa cuidar da saúde e aproveitou a campanha para se imunizar contra a gripe. “Tomando essa vacina nosso organismo fica mais forte para que a gente não possa pegar outros tipos de doença. A covid-19 também começa com os sintomas de gripe, então é muito bom estarmos imunizados, pois nosso contato é direto com o alunado, criança especial. É muito importante que a gente esteja com a carteira de vacinação em dias”, enfatiza.

Professora Josiane Maria Soares

Já a dona Francisca dos Santos, 57 anos, buscou a vacina na Escola Dinalva Gomes de Arruda, no bairro Infraero. A dona de casa que mora no Km 02, no núcleo Cidade Nova. “É ótimo, eu sempre tomo, e principalmente agora nessa pandemia a gente tem de se cuidar. Quando soube que iria ter na escola procurei logo me imunizar”, informa.

Dona Francisca dos Santos

Metas

A meta é que se vacinem 27 mil crianças durante o período. Na primeira etapa foram vacinados 14.594 idosos, superando a expectativa de 13.330 imunizados. A segunda etapa vacinou mais de 4 mil profissionais de saúde, também superando a meta pré-estabelecida.

As escolas sedes da campanha:

EMEF Cristo Rei – Travessa Carajás – Quadra Especial – Jardim União
EMEF Dinalva Gomes de Arruda – Rua Rio Negro S/N – Bairro Infraero
EMEF Maria Das Graças Ribeiro Sousa – Rua 13 de Maio S/N – Bela Vista
EMEF Francisca de Oliveira Lima – Folha 34, Quadra 04, Lote 10 – Nova Marabá
EMEF Maria do Socorro Linhares – Travessa Dezoito, N°20 – Bairro Araguaia
EMEF  Evandro Dos Santos Viana – Rua Marcos Mutran S/N – São Félix III
EMEF Walquise Viana  – Avenida Tiradentes S/N – São Félix 1
NEI Raimunda Oliveira Rocha – Avenida João Teixeira S/N – Residencial Tiradentes, Morada Nova

Texto: Leydiane Silva
Fotos: Divulgação SMS

Acessibilidade