Seagri: Comunidade do residencial Jardim do Éden realiza primeira feira noturna

Os feirantes utilizaram barracas padronizadas disponibilizadas pela secretaria de Agricultura. A segurança também foi reforçada pela Guarda Municipal, Polícia Militar e DMTU

Dezenas de pessoas se aglomeravam na rotatória do residencial Jardim do Éden, em Morada Nova, para aproveitar as oportunidades e diversidades de produtos da I Feira Livre Noturna do local, uma iniciativa da Associação dos moradores do Residencial Jardim do Éden.

O evento mobilizou mais de 30 feirantes de vários segmentos, desde hortaliças, lanches, artesanatos, frutas e verduras. Kaline Reis estava entusiasmada com a possibilidade de comercializar os produtos que colheu na horta em que trabalha. Ela conseguiu expor o apoio técnico da secretaria de Agricultura. “Estamos achando uma maravilha porque é uma forma de se unir aqui no nosso residencial e, além disso, incentiva a cultura local e começa a ser um ponto de reunião da comunidade em torno desta feira e queremos que venha a ser semanal”, disse Kaline.

Os comerciantes do local também agradeceram a iniciativa da Associação e que contou com apoio da prefeitura através da SEAGRI. “A organização está de parabéns que planejou esta feira. Muitas pessoas aqui precisam apenas de uma oportunidade, porque temos muito a oferecer e vamos com a certeza que a feira só vai crescer aqui pois temos muitas hortas e não tinha um local para os produtores comercializarem”, afirmou Ricardo Alves, comerciante.

Os feirantes utilizaram barracas padronizadas disponibilizadas pela secretaria de Agricultura. A segurança também foi reforçada com homens da Guarda Municipal e pela Polícia Militar, a organização do trânsito foi realizada pelos agentes do DMTU.

A ideia é que a feira se torne semanal e que cada vez mais possa atrair o maior número de consumidores. Reury Arrais, presidente da Associação de Moradores do residencial Jardim do Éden, disse que a iniciativa foi aprovada pela comunidade e avaliou como um verdadeiro sucesso a I Feira Livre Noturna da comunidade.

“Nós criamos um projeto junto com a Seagri, o projeto de produção de hortaliças comunitária e não tinha como comercializar e então pensamos em fazer uma feira e só daria para realizar neste horário em função dos moradores retornar as suas casas no fim da tarde. Além de vendedores de frutas e hortaliças temos também o artesanato, lanches e hoje estamos atendendo bem a comunidade. Esta é uma inovação e quando as pessoas pegarem gosto pela feira vamos ampliar”, disse Arrais.

Texto: Victor Haôr
Fotos: Sérgio Silva

Acessibilidade