Seaspac: Encontro capacita novos conselheiros tutelares

O primeiro ciclo de capacitação para os novos conselheiros tutelares e membros da rede de defesa e atendimento à criança e ao adolescente de Marabá encerrou nesta quinta-feira (12), no auditório da Secretaria de Assistência Social, Proteção e Assuntos Comunitários – Seaspac.

A capacitação teve duração de dois dias, quarta e quinta-feira, e contou com palestras e discussões sobre leis e suas alterações como o ECA – Estatuto da Criança e do Adolescente, responsabilidades e atribuições legais de ações dos conselheiros tutelares e orientações sobre os procedimentos administrativos em relação aos atendimentos nos conselhos.

O conselheiro tutelar Reginaldo Carvalho, elogiou a iniciativa.  “Para nós conselheiros tutelares é primordial para que possamos fazer um trabalho com eficiência e dá um retorno para a sociedade. Essas capacitações são necessárias e agradecemos à Seaspac por esta oportunidade”, disse.

Reginaldo Carvalho 

O ciclo de capacitação com os novos conselheiros será de forma continuada e realizada em módulos, como explica a secretária de assistência social, Nadjalúcia Oliveira.

“Os novos conselheiros precisam muito de formações. Nas gestões passadas era preciso ir para fora e buscar mais experiências, hoje buscamos o apoio do MP – Ministério Público, e nos propomos a fazer as formações por módulos de forma continuada. Os antigos conselheiros podem contribuir e elevar a sua prática, toda rede pode participar e juntos podemos dirimir nossas duvidas e conhecer melhor as práticas de um conselho tutelar”, explicou a secretária, que destacou a importância de órgãos como o Ministério Público e OAB – Ordem dos Advogados do Brasil na realização do encontro.

A data do próximo módulo ainda está sendo definida.

Nadjalucia Oliveira

 

 

 

 

 

 

Texto: Victor Haôr 
Fotos: Sérgio Barros

Acessibilidade