Secult: Biblioteca tem programação online no Dia do Livro

Para comemorar o Dia Nacional do Livro Infantil, hoje, sábado (18), a Biblioteca Orlando Lima Lobo está realizando uma programação especial nas redes sociais da Secretaria de Cultura do Município (Secult), respeitando as regras de isolamento social. São três vídeos diferentes postados com contação de histórias do autor Monteiro Lobato. As 10 horas foi realizada uma live com o tema: “O Livro Infantil e o Aconchego Emocional Para a Criança”.

“A Biblioteca não está atendendo ao público devido à pandemia, a realização de uma programação online. Decidimos começar nessa data porque a literatura infantil, através do desenvolvimento do imaginário, contribui para a formação cognitiva, emocional e psicológica das crianças”, sublinha Evilângela Lima, coordenadora da Biblioteca.

A data é comemorada no dia 18 abril, pois remete ao nascimento de Monteiro Lobato, precursor da literatura infanto-juvenil no país. Sua obra mais famosa é o Sítio do Pica Pau Amarelo, que chegou a ganhar inúmeras versões para a televisão, no entanto, seu repertório literário é vasto, composto sobretudo de livros infantis e contos com temáticas da cultura e folclore nacionais.

“O trabalho que o Monteiro Lobato fez é muito rico. Em suas narrativas ele faz uma espécie de casamento entre o folclore brasileiro e o imaginário popular. No próprio Sitio do Pica Pau Amarelo isso pode ser visto quando ele coloca o Saci e outros lendas brasileiras se envolvendo com as crianças do sitio, de forma muito rica e criativa.”, completa.

A poeta,  escritora de livros infantis e contadora de historias, Gisele Ribeiro, destaca a importância da literatura nesse momento difícil porque todos passamos, devido ao isolamento social provocado pela pandemia do novo coronavírus.

“Podemos refletir nessa época de tamanho confinamento sobre o poder que o livro tem de nos transportar para outros lugares, sabemos que temos que ficar dentro de casa e nosso passaporte para outros lugares neste momento é objeto mágico chamado livro”, destaca Gisele.

Cinthya Rabello, escritora de livros infantis, contadora de história e integrante do Movimento do Contadores de Histórias da Amazônia (Mocoham) e coordenadora do Marabá Leitora, Marluce Caetano, são as outras responsáveis pelos vídeos postados às 9h, 16h e 18h. A primeira história postada foi Viagem ao Céu.
Texto: Osvaldo Henriques

Acessibilidade