Secult: Show gospel na Marabá Pioneira celebra dia do Evangélico e da Bíblia

Muitas famílias lotaram a praça São Félix de Valois, na Marabá Pioneira, na noite do sábado (07). Pessoas que aproveitaram a programação em alusão ao dia do evangélico e ao dia da Bíblia, celebrado no segundo domingo de dezembro. O evento iniciou por volta das 20 horas com cantores de música gospel de Marabá. A grande atração foi o cantor Pastor Lucas, que fez muita gente se emocionar com as canções e o testemunho dele. A programação foi realizada pela Prefeitura, por meio da Secretaria de Cultura, a partir de ementas parlamentares.

“A realização desse evento, se deu através de emendas impositivas de iniciativa dos vereadores Ronisteu e Irismar, que foi acatada pela prefeitura. A Secretaria de Cultura está aberta para todos os tipos de eventos, de todas as religiões, estamos trabalhando para ampliar cada vez mais os eventos culturais na nossa cidade”, esclareceu Ery Souza, da coordenação da Secult.

Pr. Lucas, que subiu ao palco por volta das 23 horas, cantou várias canções dos álbuns antigos e do novo “O maior pintou do mundo”. Ele agradeceu a iniciativa da Prefeitura e do poder legislativo. “Acho maravilhoso ter essa data aqui, neste domingo é o dia da Bíblia (2º domingo de dezembro) que é um patrimônio mundial, a maioria das nossas leis morais tem inspiração na lei de Deus, é um dia memorável, que merece essa honra, deixo aqui minha gratidão à prefeitura, à secretaria de cultura, às pessoas que entenderam que a Bíblia, o cristianismo fazem parte da sociedade, isso é muito bom , é muito importante, fico feliz por isso”, ressaltou o cantor.

No encerramento, o cantor dividiu o palco com muitas crianças, que cantaram junto com ele. E depois tirou fotos com várias  pessoas. Entre elas, Yasmim  Cibelle Fernandes, de 13 anos, que veio com algumas primas e amigas. “Achei muito bom o show, muito nervosa, consegui tirar uma foto com ele. Sou da Igreja Batista.  Gostei muito dessa novidade porque a gente pode comemorar, agradecer, um dia muito especial. Muito boa essa iniciativa da Prefeitura”, relatou a adolescente.

Gabriel Santos, da Igreja Adventista do 7º dia Movimento de Reforma, também aprovou a nova data no calendário cultural da cidade. “O show foi bom demais, top demais. A criação dessa data foi muito boa porque se a gente for parar para pensar, é difícil ver a galera de várias denominações reunida. Foi muito boa essa atitude de criar essa data, faz tempo que a galera esperava por isso”, contou.

Texto: Kélia Santos
Fotos: Felipe Araújo 

 

Acessibilidade