Secult: Telão na Praça São Félix de Valois atrai mais de 6 mil torcedores no jogo de Flamengo e River

Mais de seis mil pessoas se reuniram na Praça São Félix de Valois, nesse sábado (23), para acompanhar o jogo final da Libertadores da América entre Flamengo e River Plate. Em parceria com a FlaMarabá, a Secretaria de Cultura (Secult) disponibilizou tendas, telão, DJ, caixas de som e banheiros químicos para que os torcedores pudessem prestigiar um dos momentos mais importantes da história recente do futebol brasileiro. 

A assessora da Secult, Aline Arruda, ressaltou que futebol também é cultura e é papel da secretaria apoiar as grandes manifestações populares. “Papel da Secult é apoiar todos eventos que acontecem em Marabá. É uma grande final e não podia passar em branco. Todos estavam esperando. Futebol  também é cultura e esse evento está sendo grandioso na cidade, assim como em todo Brasil”, ressalta. 

Um dos diretores da FlaMarabá, Wilson Teixeira, conta que a torcida existe há 7 anos no município e agradeceu ao apoio da Prefeitura na transmissão do jogo e na festa. “A torcida surgiu aqui na Toca do Manduquinha. Foi crescendo e tivemos a ideia de fazer essa transmissão.  Hoje estamos contentes de ter o apoio institucional da Prefeitura, pois o Flamengo é uma nação. É uma festa maravilhosa para todo mundo”, comemora. 

Festa para Todos

O pequeno Márcio Caique, 10 anos, foi apenas uma das várias crianças que vieram acompanhar o jogo com o pais na Praça. “A festa está muito bonita. Não tive muitas oportunidades de acompanhar o Flamengo assim, ao lado de tanta gente”, comenta.

Mas nem só torcedores do Flamengo se fizeram presentes no local. O empreendedor, Augusto Dominick Neves Cruz, torcedor do Palmeiras, também aproveitou a oportunidade de lazer no domingo. “Fique surpreso quando vi Prefeitura apoiar isso, soube pelas redes sociais e achei uma boa inciativa. O time do Flamengo está em evidência e acaba sendo um lazer  para toda cidade. Estou aqui prestigiando e fiz uma aposta no Flamengo, vamos ver se bate”, conta.

O jogo

Mas os torcedores não tiveram um fim de tarde fácil. O gol do River Plate, marcado aos 14 minutos do 1º tempo esfriou os ânimos dos torcedores. Foram 90 minutos de apreensão, com um time que pouco conseguia criar, até os 43 minutos do segundo tempo, quando “Gabigol” marcou o gol que levou a torcida marabaense ao delírio. Mas a maior festa ainda estava por vir. Em menos de 3 minutos Gabigol marca o gol da virada e fez a Praça São Felix de Valois enlouquecer. 

Texto: Osvaldo Henriques
Fotos: Sérgio Barros 

Acessibilidade