Segurança: Ações da Guarda Patrimonial reduz números de furtos e incidentes

Criada com o objetivo de fiscalizar e manter a ordem nos prédios e logradouros públicos, a Guarda Patrimonial de Marabá (GPM) tem cumprido bem o seu papel onde quer que esteja. No último fim de semana, tudo ocorreu sem anormalidades.

Segundo o agente Robert, depois da vigilância da Guarda Patrimonial, muitas ações como furtos e enfrentamentos de servidores foram inibidos, em especial nos postos de saúde e hospitais como o HMM e Materno Infantil. Em alguns postos de saúde eram comuns brigas e discussões de clientes com servidores, depois da Guarda Patrimonial esses eventos deixaram de existir.

DMSP

Com a missão de realizar, com excelência, a proteção de logradouros públicos, bens, serviços e instalações municipais, bem como outras atribuições voltadas à proteção dos cidadãos, em 2005, por meio de concurso público, a Prefeitura de Marabá criou o cargo de Agente Municipal de Segurança Patrimonial.

Sete anos depois, foi criado o Departamento Municipal de Segurança Patrimonial (DMSP), por meio da Lei Municipal 17.510, sancionada em 11 de abril. O órgão, ligado à Secretaria Municipal de Segurança Institucional (SMSI), dispõe de 305 profissionais, distribuídos em vários locais como secretarias municipais, escolas e postos de saúde, exercendo diversas atividades de competência da categoria.

Dentre as funções do agente patrimonial, destacam-se: promover a inspeção das dependências do prédio ou área que estiver protegendo, verificando as condições de equipamentos e bens; manter vigilância sobre acessos e estacionamentos dos prédios ocupados por órgãos ou entidades públicas; investigar irregularidades observadas no período de trabalho no sentido de solicitar ou tomar as devidas providências.

Os agentes patrimoniais garantem a segurança em eventos públicos realizados pela Prefeitura de Marabá e nos sazonais como na Feira de Exposição Agropecuária e Círio de Nazaré. Para essas e outras ações, a categoria participou, do Curso de Nivelamento em Defesa Pessoal, Manuseio Tático de Tonfa (Bastão), Técnica de Abordagem, Imobilização e Algemação, promovido pela Polícia Militar em novembro de 2018.

 

 

 

 

 

 

Texto: João Batista
Fotos: Divulgação 

 

Acessibilidade