SEMED busca solução para 34 obras paralisadas

(14 de março de 2017)

 

A Secretaria Municipal de Educação (Semed) está finalizando o processo de levantamento de obras em execução e que foram paralisadas na última gestão. Ao todo, segundo avaliação da Diretoria de Infraestrutura e Logística (Dilog) da Secretaria de Educação, há 34 obras que não foram concluídas e cujos contratos estão sendo reavaliados.

Segundo a diretora da Dilog, Marilza Leite, uma equipe técnica percorre, desde o início da atual gestão, as obras que estão paralisadas na zona urbana e rural, realizando registro fotográfico e avaliando o percentual de execução do contrato.

Do total de 34 obras paralisadas, 28 são com recursos do FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação) e as medições são importantes para liberação de verbas para sua continuidade. Os núcleos de Educação Infantil (NEI) são a maioria, nestes casos, com 21 obras paralisadas, sendo que oito delas são com tecnologia inovadora e todos os contratos foram firmado com o Consórcio PIB.

Onze obras de construção de escolas estão paralisadas e quatro destas estão sendo construídas em parceria com a mineradora Vale, como é o caso da Escola Luzia Nunes Fernandes, na Folha 28, Nova Marabá. Além de escolas, a Semed também contabiliza sete obras paralisadas de construção de quadras cobertas com vestiário ou apenas cobertura de quadras já existentes, tanto na zona rural quanto na urbana.

A diretora da Dilog ressalta que a gestão atual tem intenção de retomar as obras, mas pondera que está sendo necessária uma avaliação criteriosa para que elas sejam reiniciadas dentro dos critérios legais e minimizando custos.

Pequenas reformas

Marilza Leite explica que, paralelamente, a Semed tem recebido uma grande demanda das escolas com 247 pedidos de pequenas obras, como troca de lâmpadas, conserto no sistema hidráulico e roço de vegetação. Por enquanto, 42 escolas já tiveram algumas de suas petições atendidas, inclusive com disponibilização de caminhão limpa-fossa e roço em 50 delas. “Devemos acelerar o atendimento em breve, tão logo saia o resultado do processo seletivo e nossas equipes de manutenção sejam constituídas”, explica Marilza.

ASCOM – Assessoria de Comunicação
Telefone: (94) 3322-1140