Semed: Marabá Leitora inicia projeto de contação de história para idosos

Foi durante o isolamento da quarentena, observando sua mãe, que Marluce Caetano, coordenadora do Marabá Leitora, teve a ideia de criar o Projeto “Lendo Para Um Idoso”.  A Trupe Paneiro de Histórias, iniciativa vinculada a Secretaria de Educação do Município (Semed), que já realiza a formação de professores das salas de leitura, doação de livros e contação de histórias para crianças, agora também tem como alvo as pessoas da 3ª idade.

A ideia é que os participantes da Trupe, leiam um livro por dia para os idosos de suas residências e gravem a iniciativa, disponibilizando-a online para que as histórias possam ser compartilhadas por outros idosos. Atualmente a Trupe conta com 12 membros.

“Estamos 15 dias trancafiados em casa. Já que os idosos estão tão isolados, e têm que ficar por que são grupo de risco. Eu pensei, vou criar um projeto pra contar histórias, dentro do Marabá Leitora. Conversei com minhas colegas, para que façam o mesmo com seus familiares ou vizinhos. Levem a palavra de consolo, carinho e afeto através desses contos”, comenta Marluce Caetano.

A primeira história será a Paca, Tatu; Cutia Não, de Antônio Juraci Siqueira. Os vídeos serão gravados com os livros na mão de frente para câmera, mostrando as imagens, caso haja necessidade. “A ideia é fazer mediação de leitura, trazendo a eles, mais encanto, mais lembranças do passado, pois afinal de contas, foram eles quem primeiro contaram histórias para nós, quando éramos pequenos”, sublinha.

Marabá Leitora

O Projeto Marabá Leitora funciona em parceria da Semed com a Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa). Realizando a contação de histórias de baixo das arvores e de casa em casa na cidade, com o intuito de levar a leitura ao lar dos marabaenses. “Conseguimos fazer isso nas escolas, levando formação aos professores que leriam com seus alunos de forma lúdica e prazerosa, através de brincadeiras, bate-papo, mesa redonda e da contação de história em si”, explica.

Atualmente, Marabá possui 84 escolas com salas de leitura, que exercitam essa atividade com as crianças. Já a Trupe Paneiro de Histórias é um braço do Projeto, focado sobretudo na contação de histórias. Normalmente de forma caracterizada para incentivar e chamar a atenção dos alunos, além de reforçar  o efeito lúdico do momento.

Texto: Osvaldo Henriques
Fotos: Divulgação

Acessibilidade