Semed: PA’s Padre Josimo e Pedro Laurindo, na zona rural, recebem novas escolas

As comunidades dos Projetos de Assentamento Pedro Laurindo, popular Cabo de Aço, e PA Padre Josimo Tavares, na região da Vila Santa Fé, distante cerca de 75 quilômetros de Marabá, receberam duas novas escolas. As escolas São Raimundo I e Santa Terezinha, respectivamente.

As novas escolas substituem os antigos barracões de madeira, cobertos com telhas de amianto e salas pequenas, apresentando poucas condições de aprendizado. Os alunos e professores reclamavam do calor e da falta de espaço para trabalhar, sem falar dos problemas com goteiras e o barulho, já que a separação das salas era feita de madeira.

O professor Aldemir Costa Coelho, diretor da escola São Raimundo I, disse que era um desejo antigo da comunidade do PA Pedro Laurindo, a construção de uma nova escola, pois a antiga estrutura de madeira era alvo de reclamações de todos. “É um sonho que se realiza, era triste ver as crianças terem que estudar num ambiente daqueles, sem nenhuma condição de dar uma educação de qualidade a essas crianças”, disse.

Dezesseis quilômetros de distância do PA Pedro Laurindo, a comunidade do PA Padre Josimo Tavares, também estava em festa com a inauguração da nova escola de ensino fundamental Santa Terezinha. Os alunos encenaram um texto relatando as dificuldades do início da formação do PA. “A escola é um símbolo de nossa resistência neste assentamento, enfrentamos muitas dificuldades e continuamos enfrentando, mas nunca desistindo”, destacou o senhor Antônio José, presidente da Associação dos Trabalhadores Rurais do PA Padre Josimo Tavares.

A professora Elda Bentes, diretora da escola Santa Terezinha, não esqueceu de agradecer a todos os envolvidos na construção da educação no campo. Lembrou que os desafios são enormes, mas com boa vontade e união de todos é possível alcançar uma educação de qualidade.  “Com essa nova estrutura faz a gente planejar muito mais ações para o desenvolvimento da educação no campo”, destacou a educadora.

A professora Marilza Leite, secretária municipal de educação, faz questão de registrar que é uma satisfação pessoal e profissional, enquanto educadora entregar uma nova estrutura para atender as crianças da zona rural do município. “Uma satisfação muito grande estar inaugurando mais duas escolas na zona rural, e ficamos felizes porque essas crianças merecem toda atenção dispensada a elas” afirma a educadora.

Texto: Victor Haôr
Fotos: Magno Barros 

Acessibilidade