Semma: Denúncias de poluição sonora em residências são atendidas

Diante do fechamento de bares e casas noturnas previstos no decreto estadual 609 para evitar aglomerações, neste período as pessoas compram bebidas e fazem a festa nas próprias residências sem, no entanto, se preocuparem em incomodar os vizinhos. É o que tem constatando a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SEMMA), durante atendimento às denúncias de poluição sonora.

Segundo Paulo Chaves, coordenador de Fiscalização da SEMMA, no último fim de semana, 11 e 12 de abril, o plantão de combate à poluição sonora atendeu 38 denúncias, em sua grande maioria proveniente de residências, em vista do cumprimento do decreto 609/2020 do governo estadual, que proíbe o funcionamento de bares e casas noturnas (além de shoppings centers e academias) para conter o avanço da pandemia da covid-19. Assim, a população está se reunindo em suas residências, fazendo uso do som em alto volume.

A maior concentração das denúncias tem base nos núcleos Nova Marabá e Cidade Nova.

Ainda nas rondas pela cidade, em parceria da GMM, foram apreendidas duas motocicletas devido ao uso de escapamento alterado. Ambas no distrito de Morada Nova; e também uma aparelhagem de som, na Folha 29, Nova Marabá.

Texto: João Batista 
Fotos: Divulgação 

Acessibilidade