SEMMA: Educação ambiental debaterá piracema o ano todo

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma), por intermédio do Departamento de Educação Ambiental (DEA), além de palestras no início do defeso da piracema (período de reprodução dos peixes que começa em novembro), abordará o tema o ano inteiro com as famílias dos pescadores. Uma forma de conscientizar sobre os benefícios da suspensão da pescaria, a fim de garantir sobrevivência das espécies, a estratégia será feita, primeiro, nos dois meses seguidos (fevereiro e março) e depois a cada bimestre.

Segundo Carleans Sousa, técnica do DEA, ainda no fim deste mês, na Colônia Z-30, acontecerá uma oficina de arte em parceria com a Fundação Casa da Cultura de Marabá, com o intuito de mostrar aos pescadores a importância desse período de reprodução. No começo de fevereiro, será realizada uma visita técnica na Comunidade Carrapato, localizada na margem esquerda do Rio Tocantins, para ouvir as famílias dos pescadores quanto à piracema, que infelizmente ainda é vista por algumas pessoas como algo negativo.

Escolas – O DEA tem agenda ambiental voltada para o público escolar.  O projeto, iniciado em 2018, atuou em sete escolas públicas, esse ano poderá ter acréscimo de mais dois colégios, e consiste em estimular profissionais da área (gestores, professores e outros servidores), alunos e pais a incorporar princípios e critérios de gestão ambiental nas atividades rotineiras, visando economia de recursos naturais e redução de gastos.

A iniciativa utiliza a metodologia da multiplicação, trabalhando com 15 alunos e dois professores/educadores em cada escola, que se tornam disseminadores da temática da agenda ambiental com foco no uso racional dos bens públicos e gestão adequada dos resíduos sólidos, hídricos e energéticos.

O público-alvo do projeto são alunos da rede municipal do ensino fundamental II (5º ao 9º ano) e ensino médio das escolas estaduais. Além das aulas teóricas nas escolas, práticas ambientais são oferecidas nas visitas em locais como a Estação de Captação e Tratamento de Água, Fundação Zoobotânica, Estação de Tratamento de Esgotos, entre outros.

ACESSIBILIDADE
X