Sevop: Avenida Nagib Mutran ganha asfalto novo com as obras de recapeamento  

A Prefeitura de Marabá concluiu o recapeamento da Avenida Nagib Mutran, no bairro Cidade Nova e melhorou o tráfego de veículos no local deixando a rua mais acessível. O serviço foi feito a partir do cruzamento com a rodovia Transamazônica até o cruzamento com Rua Castelo Branco. A importante via recebe uma grossa camada massa asfáltica e está refletindo positivamente na vida da população.

Seu Félix da Silva, morador do bairro há mais de 30 anos, acompanhou o serviço da prefeitura desde sábado (25), que foi quando as obras iniciaram. Ele conta que jamais havia visto uma obra parecida para recuperar a importante via do bairro Cidade Nova. “Do jeito que aí eu ainda não tinha visto não. bom, eu gostando do serviço. A prefeitura também fez um serviço de esgoto na minha rua, a São Francisco e agora estamos aguardando o recapeamento dela também. A cidade se equilibrando, novas caras”, comentou o aposentado de 76 anos.

Seu Félix da Silva

Há um ano e seis meses, a Avenida Nagib Mutran virou rota obrigatória da comerciária Alvanir de Souza. Ela trabalha numa loja de bijuterias e acessórios, localizada no local. A vendedora é motociclista e disse que a recuperação da rua era necessária até para evitar os acidentes. “Vai melhorar bastante. Eu que ando de moto vai ser ótimo porque está tampando os buracos, quando chove a água cobre os buraquinhos e a gente não vê, é perigosos cair num buraco, se machucar e com o recapeamento está ótimo”, enfatiza a vendedora.

O comerciário Leyanderson Michel Noronha, que trabalha em uma sapataria, também gostou dos benefícios trazidos pelo recapeamento da rua. Ele observa que agora os veículos podem trafegar com mais flexibilidade, reduzindo os constantes congestionamentos. “Antigamente você passava em velocidade reduzida, mas mesmo assim, vibrava muito. Tinha buracos. Agora faz menos barulho e o trânsito fluí melhor e fica mais acessível para o cliente chegar”, destaca o comerciário.

Alvanir de Souza
Leyanderson Michel Noronha

 

 

 

 

 

 

Texto: Leydiane Silva
Fotos: Jordão Nunes / Paulo Sérgio dos Santos 

Veja as fotos:

Acessibilidade