Sevop: Cerca de 20 ruas são recuperadas no Bairro Infraero

Seguem ininterruptos os serviços de recuperação de ruas no Bairro Infraero, Núcleo Cidade Nova. As máquinas trabalham no bairro desde a semana passada e já recuperaram cerca de 20 ruas. Os serviços são feitos com uso de piçarra e realizado a terraplanagem na via e compactada com caminhão rolo compressor.

Na semana passada as ruas próximas ao NEI – Núcleo de Educação Infantil, Neuton Miranda, receberam serviços oferecendo melhor trafegabilidade a via, já que nos próximos dias o bairro vai receber uma nova creche. Os serviços continuaram em ruas paralelas, principalmente em vias em que o acesso estava comprometido em razão do desnível em alguns trechos.

Entre as ruas que receberam serviços podemos citar; Rua Caetano, ruas das Mangueiras, rua Belo Monte, rua Rio Preto, rua Vitória, entre outras, todas no bairro da Infraero. Segundo Aurélio do Valle, coordenador das equipes de recuperação de vias da SSAM – Serviço de Saneamento Ambiental, os trabalhos no bairro já têm praticamente um mês, “o objetivo é chegar em todas as ruas do bairro, muitas delas nunca haviam recebido um serviço de terraplanagem”, explica Aurélio.

Seu Valdemar mudou há 5 anos para o Bairro Infraero, após vender um lote que tinha e iniciou um pequeno comércio no bairro. O comerciante fica observando os trabalhos das máquinas passando em frente a casa onde mora, elogia os serviços e já pensa em mais melhorias para o bairro.  “Tá ficando melhor as coisas por aqui”, afirma.

No bairro Belo Horizonte, ainda no núcleo Cidade Nova, a operação Tapa-buraco da secretaria de viação e obras públicas (Sevop), também realiza um importante e essencial serviço de recuperação da camada de asfalto da Avenida Tocantins com a Rua Belo Horizonte.

O cruzamento das duas ruas estava comprometido. Trechos da via foram retirados e colocadas nova massa de asfalto, em seguida foi compactado todo o perímetro. Com isso a pista apresentou melhor passagem de veículos sem as ondulações existentes que prejudicava o trânsito. As equipes devem permanecer no núcleo Cidade Nova.

Texto: Victor Haôr

Fotos: Paulo Sérgio

ACESSIBILIDADE
X