SEVOP: Equipes fazem trabalho de drenagem na Cidade Nova, Liberdade, Jardim União

Uma das mais complexas obras de drenagem em ruas na cidade está em andamento na Rua Marechal Rondon, no bairro da Cidade Nova. Equipes da Secretaria de Viação e Obras Públicas (Sevop), com uso de uma escavadeira hidráulica, faz a abertura do canal de aproximadamente 5 metros de profundidade com 4m de comprimento, para colocação das manilhas de 1.200 milímetros. A drenagem já está a poucos metros da Avenida Manaus, no Bairro Belo Horizonte.

O objetivo da obra é reduzir o impacto de um antigo problema de alagamento na Avenida Manaus, escoando a água que represava num trecho comercial da via, causando grandes transtornos aos comerciantes e moradores do local. Apesar das chuvas constantes, a obra vem sendo executada.

De acordo com Fábio Moreira, secretário de obras, no início do período de chuvas na região, muitas obras de pavimentação foram concluídas e outras suspensas temporariamente. “Agora com o início do inverno, estamos parando as obras de pavimentação, algumas estão sendo concluídas, mas as obras que estão na parte de drenagem vamos paralisar para retomar após o período de inverno e vamos abrir mais frentes de obras após esse período”, destacou o secretário.

Entre as obras em continuidade na fase de drenagem, estão as das ruas 26 de Junho, no bairro Liberdade e 1º de Junho no bairro Jardim união. Rua Goiás no bairro Liberdade. Outras ruas da Nova Marabá nas folhas 05, 06, 10, 11, 12 e 13, que integram o lote 3, do convênio com a Caixa, estão sendo feito ajustes e serviços de topografia para inicio de terraplanagem e pavimentação após o inverno.

Segundo o secretário, muitas obras, em que o tempo não interfere em sua execução estão em andamento, como as reformas em escolas e postos de saúde, pontos de paradas de ônibus entre outras. “As obras que a chuva não interfere está em andamento, no entanto, outras precisam de um tempo bom para dar sequência. Então, é preciso ter cautela pois fica impossibilitado de dar continuidade em algumas obras”, explicou.

ACESSIBILIDADE
X