Sevop: Na Nova Marabá várias pontes passam por obras

Continuam intensos os trabalhos para conclusão da ponte que liga as Folhas 20 e 28 e da ponte que une as Folhas 27 a 21, ambas na Nova Marabá. Essas obras vão substituir as antigas estruturas que não apresentavam segurança aos motoristas, ciclistas e pedestres.

Nas Folhas 27 e 21, a antiga ponte foi retirada, construída há cerca de de 30 anos. O trabalho de demolição na estrutura de concreto foi iniciado, para então começar a  execução das estacas, base de sustentação da nova ponte. Já em relação à obra das Folhas 20 e 28, execução do arrasamento das estacas já foi concluída, ou seja, a preparação da face superior da estrutura, que dá base ao concreto e escavação entre as estacas, para iniciar o levantamento da ponte.

Nas Folhas 13 e 14, as obras da nova ponte foram temporariamente suspensas devido o alagamento da área, o que deixou o terreno úmido e sem condições para a continuidade dos serviços. A Secretaria de Viação e Obras Públicas aguarda o recuo do nível da água do rio Tocantins para reiniciar o trabalho.

As novas pontes serão construídas em concreto e terão uma largura de 9,20 m e 9,00 m de comprimento. A pista para a passagem de veículos terá 7,50 m e 1,70 m destinados para a passarela com guarda-corpo, estrutura de proteção para os pedestres. De acordo com o engenheiro da Sevop, Thiago Lobo, a ponte entre as Folhas 20 e 28 já está bastante avançada e pode ser entregue até o fim do mês de abril.

“Estamos trabalhando com o objetivo de entregar as pontes o mais breve possível, pois sabemos da importância desta ligação viária entre as Folhas. Os serviços estão avançando e dentro do cronograma”, destacou.

Texto: Victor Haôr 
Foto: Paulo Sérgio 

Acessibilidade