Sevop: Obras de continuidade da Orla movimentam a comunidade de Marabá

Ao saber das obras de continuidade da Orla de Marabá pelas redes sociais, o militar aposentado Belin Amoury foi até lá o bairro Francisco Coelho,  e ficou impressionada. disse que quando viu nas redes sociais as imagens da obra de construção da Orla no bairro Francisco Coelho, ficou impressionado. “Eu vim aqui só ver isso porque eu não acreditei quando vi no Facebook. Ninguém acreditaria que isso iria acontecer. Aqui é um ponto que guarda a nossa história, aqui começaram nossas vidas, temos as crendices as lendas. Marabá está de parabéns, hoje ela tem outro aspecto, em ritmo de cidade grande, isso aqui é um sonho, quantas casas não se valorizarão? É muita coisa!”, comenta.

Seu Belin tirou até uma selfie na obra

Seu Belin viu como as obras de construção da continuidade da Orla de Marabá estão em ritmo acelerado, com as máquinas trabalhando também em período noturno. O movimento das caçambas, retroescavadeiras e caminhão com rolo compressor chama a atenção dos moradores e configuram um novo cenário ao encontro dos rios Tocantins e Itacaiunas.

Quem também está animada com a obra Maria Ivonete, de 62 anos, nasceu e foi criada no bairro Francisco Coelho. Ela conta que as coisas mudam muito rápido, mas não hesita em elogiar a obra, que segundo a moradora vai melhorar muito o bairro. “Até agora a gente só ver as máquinas, mas acredito que vai ficar bom ? Tem tudo pra ser, um dia tinha que acontecer mesmo”, diz.

A execução da obra de infraestrutura portuária e de proteção das margens dos Rios Tocantins e Itacaiunas é resultado de um convênio entre Prefeitura de Marabá e Governo Federal, através do Ministério do Desenvolvimento Regional. O valor total da obra está orçado em mais de 42 milhões de reais (R$ 42.170.000,00).

Texto: Victor Haôr

Fotos: Hilton Rodrigues 

ACESSIBILIDADE
X