Sevop: Obras nos bairros Francisco Coelho e Amapá avançam para novas etapas

As obras de infraestrutura portuária e de proteção das margens do Rio Tocantins e Rio Itacaiúnas nos bairros Francisco Coelho e Amapá já têm quase 100% da fundação concluída e agora seguem para a fase da instalação dos tirantes, peças estruturais utilizadas na ancoragem de muros de contenção, além do início dos concretos in loco que vão dar sustentação aos pré-moldados.

“Essa obra é de concreto armado atirantado, então, após a implantação das fundações e das bases das obras, ocorrem os tirantes, que são a ancoragem do muro de arrimo e, em seguida, se inicia as montagens das peças”, explica Cassiano Mendes, engenheiro civil da empresa responsável pela a execução do muro de arrimo e do cais, no bairro Amapá.

Ainda de acordo com o engenheiro, 95 % dos pré-moldados necessários para a montagem já estão fabricados e estocados no canteiro de obras da empresa. Nesta etapa, serão utilizadas cerca de 1.500 peças de variados tamanhos e dimensões. “No momento em que foram interrompidas as atividades na margem dos rios, retornamos com todo o nosso efetivo para o nosso canteiro para dar continuidade à fabricação das peças que serão necessárias”, enfatiza Cassiano.

Cassiano Mendes, engenheiro responsável 

O engenheiro esclarece ainda que a montagem das peças acontecerá de forma sequencial. Primeiramente será montado o pórtico, depois as placas que darão sustentação ao arrimo, e finalmente as vigas, as pré-lajes e as peças sequenciais que formam o muro completo. “A nossa previsão é a partir de agora iniciar a montagem já em agosto e concluir os dois trechos antes da próxima cheia, o que pode acontecer no final de janeiro, fevereiro, como aconteceu em 2020”, ressaltou Cassiano.

A obra de infraestrutura portuária e de proteção das margens dos Rios Tocantins e Itacaiunas é resultado de um convênio entre a Prefeitura de Marabá e o Governo Federal por meio do Ministério do Desenvolvimento Regional. O projeto total da obra está orçado em R$ 42.170.000,00.

Veja outras fotos: 

Texto: Leydiane Silva
Fotos: Paulo Sérgio 

Acessibilidade