Sevop: Ruas da Folha 33 recebem pavimentação em concreto armado

(17 de dezembro de 2020)

 Outras ruas paralelas também já receberam pavimentação em concreto armado e passaram também pelos serviços de drenagem e terraplanagem

Os serviços de pavimentação em concreto armado, iniciados na Folha 33, continuam avançando no bairro e transformando a vida de milhares de famílias. Na manhã desta quarta-feira, os operários estavam na rua da quadra 22, uma das últimas ruas do bairro que ainda faltavam os serviços de pavimentação.

A rua tem aproximadamente 300 metros de extensão e conecta o bairro à Rodovia Transamazônica, paralela à rua principal do bairro. Outras ruas paralelas também já receberam pavimentação em concreto armado e passaram também pelos serviços de drenagem e terraplanagem.

De acordo com o engenheiro Thiago Lobo, da Secretaria de Viação e Obras Públicas (Sevop), e que acompanha o desenvolvimento da obra no bairro, a pavimentação em concreto armado é realizada a partir de um estudo do terreno, ou seja, seu uso só é realizado quando a via se encontra próxima de canais ou nascentes d’água ou se há registros de alagamentos.

“O uso do concreto armado, ou pavimento rígido, em corredores urbanos apresenta como principal vantagem sua elevada durabilidade, que atinge 20 anos aproximadamente, sendo duas vezes superior ao pavimento convencional sem nenhuma intervenção que dura em média 10 anos”, explicou o engenheiro.

O serviço de pavimentação em concreto na Folha 33 iniciou este ano e incorporou as ruas que cortam todo o bairro e que careciam de serviços de infraestrutura para melhorar o tráfego de veículos e pedestres. Todas as vias receberam serviços de drenagem e terraplanagem.

Veja mais fotos:

Texto: Victor Haôr
Fotos: Paulo Sérgio/ Sérgio Barros (aréas)